Casa de Criadores, dia 2: da camomila ao arame farpado!

14.12.2011 - 13:10 Moda 4 comentários

Marcelo Soubhia/Ag. Fotosite/DivulgaçãoDanilo Costa outono-inverno 2012

Duas coleções se destacaram no 2º dia da edição de outono-inverno 2012 da Casa de Criadores: o fofinho fashion com gatinhos e camomila by Danilo Costa e a dor da perda com arames farpados da Der Metropol (as fotos e os comentários você vê pelos links!). Fora isso, também teve a 2ª parte do projeto Lab com o estreante na CdC Jonathan Gurgel trazendo sua visão de “Laranja Mecânica” (que podia ser mais limpa, com foco nas modelagens interessantes, que é o que ele sabe fazer melhor); Spirodiro com moda infantil divertida agora inspirada em super-heróis; o masculino da O.Sório com boas estampas de ácaros e aranhas no meio de folhagens; e a minimalista Juliana Moriya se aventurando na estamparia tropical.

Marcelo Soubhia/Ag. Fotosite/DivulgaçãoAs aranhas da O.Sório

Em seguida, entra Karin Feller com suas peças hit pra garotas descoladas; o punk de plástico de Weider Silveiro (uma coleção desigual mas com bons resultados na alfaiataria, terreno onde ele nunca tinha se aventurado, e com acessórios politicamente incorretos incríveis – anel, pulseira, colar, brinco… tudo feito de cigarros!); a estreia da Top Hat (bem comercial, faltou sal) e os supracitados Danilo e Der Metropol!

Marcelo Soubhia/Ag. Fotosite/DivulgaçãoCigarrinhos de Weider Silveiro!

Tags:                                                  

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest

Comentários (4)

  • Great browse you obtained there. I agree with most of it, and am a large admirer myself.

  • Robt Lepisto disse:

    An incredibly good list Eric!

  • Sobre o colar de cigarros e em resposta ao comentário abaixo, eu não vejo grande problema no acessório, considerando que, em certas épocas, o fumo era um hábito cultural. Para abordar um período x da história em uma coleção, tem de se levar em conta todos os itens que formavam a imagem do tal. Muitos dos espartilhos, por exemplo, causam diversos problemas ao corpo e continuam sendo produzidos. E não há nada de errado nisso. Cabe ao consumidor discernir o que vai fazer bem ou mal a ele. Por que ilustrar só o que é moralmente correto, afinal?

  • Terezinha Fernandes Vieira disse:

    De péssimo gosto o colar de cigarros, deveria ser desclassificado um estilista que é tão sem noção dessa forma. Sinceramente nos dias atuais que tudo se faz para que as pessoas deixem de fumar porque fumar mata aos montes, vem essa criatura com apologia ao cigarro em forma de colar, é num mínimo sem noção e de péssimo gosto repito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Últimas