Como usar acessórios – Nane Chinarelli, da Versace, te ensina!

22.09.2009 - 17:00 Moda 2 comentários

Há quem goste de acessórios, quem tenha uma gaveta abarrotada deles e quem não saiba como usá-los. É o seu caso? O Blog LP encontrou com Nane Chinarelli – a top designer brasileira de acessórios que, há 18 anos, assina as coleções de bijus da Versace – e perguntou qual é a peça certa pra cada um. A resposta? Nenhuma – e, ao mesmo, todas. “Não existe certo ou errado“, respondeu, “a moda hoje está muito mais relacionada com o estilo próprio, feito de um mix de referências – mesmo porque o que os estilistas fazem em cada temporada acaba sendo bem parecido.”

Com essa idéia na cabeça e uma caneta esferográfica na mão, Nane aceitou o desafio de colocar acessórios em 4 estranhos saídos de cliques de blogs de streetstyle mundo afora. Confira no que deu!

Reprodução

Reprodução
Picture 1 of 8

Foto 01: antes

Foto 01. “Ela está pedindo um brinco grande. Como a pele é bem clarinha, seria feito de ouro, que traz um ponto de luz quente para a composição”. Pra Nane, as argolas seriam “grandes no tamanho, mas finas na espessura”, combinando com a delicadeza dos traços do rosto.

Foto 02. “Nessa garota coloquei um sautoir [um desses colares longos, com um elemento grande no centro], para combinar com o clima anos setenta dela. Seria de corrente, mas nada muito chamativo, já que as roupas dela têm bastante cor”. O bracelete grande, com detalhes em metal, acompanha o clima rock’n'roll da sandália e bolsa de tachas.

Foto 03. “Dá pra quebrar esse jeito certinho dela com mil e uma pulseiras grandes” disse Nane. Elas seriam de tamanhos e materiais variados: uma de madeira com aplicação de metal, outra de resina com textura trabalhada, e mais outras tiras de couro, bem grossas, e bagunçadas entre si.

Foto 04. “O look dela é especialmente masculino, então o acessório tem que ser bem escolhido”, disse. A pedida foi um broche, daqueles que lembram condecorações de militares, mas com babados de couro colorido, que lembram algo mais romântico. Uma pedra brilhante cairia bem no centro, segundo Nane. “Mas pode ser sem, também. Depois de tantos anos na Versace, onde a cliente quer que os acessórios tenham brilhos, acho que me tornei meio perua e começei a colocar pedras em tudo”, brincou.

Tags:                      

Compartilhe Imprimir Google + Pinterest

Comentários (2)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>